Porque você quer emagrecer?

Untitled

Esses dias estava passando pelo Facebook e vi uma publicação de uma amiga onde continha uma foto de uma moça bem magra, e na legenda estava escrito ”Posso fazer mil dietas que não ficarei assim”. Me intriguei com a publicação. Parei, pensei e com palavras simples, expressei minha opinião em comentário. Talvez ela ainda não tinha visto, mas baseado nisto, hoje o texto é em base da pergunta ”Porque você quer emagrecer?”

Fazia um tempo que eu não tinha mais escrito sobre isso aqui no blog, e hoje, por culpa das circunstâncias, eu me pus a escrever. Acho estranho os padrões de beleza que a sociedade impõe, mas querendo você ou não eles escondem verdades que devem ser aceitas.

Regras disfarçadas com a desculpa de ”melhorar a saúde” são coisas que todos os dias são expostas em questão nas televisões, revistas, rádios e programas de tv. A verdade é que não significa que uma pessoa é saudável por ser magra, e não significa que por ela ser gorda, ela não seja saudável. Não entendo o porque as pessoas tanto batem o pé dizendo que magreza é sinônimo de saúde. Mais uma vez, os padrões de beleza entram em questão.

É possível alguém ser gordo e sadio sim! Quem disse que verduras, legumes e uma boa alimentação não podem aumentar seu peso só porque são saudáveis? O físico do indivíduo pode estar com aparência de ”grande”, ”cheio” e ”gordo”, mas se você for conferir suas taxas, elas podem estar todas sadias.

Do mesmo modo que pessoas gordinhas são taxadas como não sadias, as magras também pode ser. Conheço muuitos amigos que são magros que não são nem um pouco saudáveis, com taxas alteradas e cheios de doenças. Não estou dizendo pra você deitar na cama neste momento e se entupir de porcarias, e também não estou dizendo que você que vai para academia está errado, mas antes de você comprar a revista ”Boa Forma” e comprar sua legging super apertada, eu te pergunto ”Porque você quer emagrecer?”

É fácil bancar a de ”mente aberta” e usar a #amomeucorpo, mas é difícil se olhar no espelho e levar realmente em conta essa máscara que você usa pra dizer que é feliz pros outros e usar essa mentira para si mesma. Não tem como evitar, é o mal da sociedade dizer que ”é bonito ser magro, e ser gordo é feio”. Estes mandamentos estão até mesmo nos filmes pra crianças. Diz aí, quem já viu uma das princesas da Disney gorda? Ninguém. E quanto aos filmes adolescentes, as meninas gordinhas são sempre as que não arrajam namorado, já as magras de cabelo loiro são sempre as mais belas e felizes.

Mas espera aí, quem disse que é preciso ter a barriga trincada para ter saúde e ser feliz?

Na verdade, usando um cliché, eu digo que ninguém é perfeito, e não existe manual para a perfeição. Se seu peso lhe traz problemas na saúde está certo que você precisa se cuidar, mas de resto, qual é o problema em ter uma barriguinha ou uma celulite aqui ou ali? Qual é o problema em não ter as pernas de Panicat? Qual o problema de ter uma culote? Qual o problema de vestir 44, 46 e não 36, 38? Descarte o comercial de televisão que diz que você precisa ter o corpo da Gisele. A única coisa que você precisa é ser feliz.

Afinal, quer dizer que você não tem nada melhor pra oferecer do que seu corpo?

Antes que alguém comente ou me condene dizendo ”É fácil porque você é magra” eu peço que entendam que não é porque eu sou magra que faço a campanha ”ame seu corpo” e sim porque eu acredito que nós mulheres vítimas da ditadura da beleza podemos reverter essa situação. 

Sempre fui uma pessoa magra, como vocês me conhecem hoje mas mesmo magra e com um corpo de porte bom eu já fiz muitas loucuras. A meta da minha vida era ter a barriguinha sarada da Beyoncé, isso mesmo. Eu ficava o tempo todo me regulando, me forçando a passar horas fazendo exercícios físicos, e na hora do almoço eu jogava a comida fora pra dizer que tinha comido. E isso me machucava muito. 

Uma das coisas positivas que eu obtive quando criei o blog foi superar essa ideia de corpo perfeito e sarado, porque foi só escrevendo e lendo mais sobre o assunto que eu consegui parar de fazer dietas malucas de pimenta com suco de limão e aceitar quem eu sou. Hoje, olho pra trás e percebo o quanto minha cabeça mudou, e me orgulho disso.

A mudança de peso não está no seu corpo e sim na sua cabeça, é preciso estar sadio mentalmente e de bem consigo mesmo pra começar uma dieta que tenham motivos significantes e que você reconheça até que ponto você pode ir com isto. Porque você quer estar magra se isso não é uma qualidade e não tem retornos ? Ninguém vai deixar de te amar por você vestir 44 ou 46, você não vai deixar de ter uma boa formação e profissão por pesar o peso que você tem. As coisas não acontecem dependendo de quem você é, e sim de como você age em relação á elas. 

Se ninguém te ajuda a pagar as contas no fim dos mês então que direito eles têm de te dizer como você deve agir em relação ao seu corpo? Se sinta bem verdadeiramente, de coração, sem farça, e verá que ninguém vai te julgar nem ver sua gordurinha que o biquíni aperta, porque quando a gente se ama, a gente não enxerga e nem leva em conta o que os outros pensam. 

Eu tenho uma gordurinha á mais que a Beyoncé não tem, mas ela é linda do jeito dela e eu sou linda do meu jeito.

Eu nunca mais me pesei, porque eu entendi que eram os números que me deixavam louca (assim como na escola hehe). Continuo com o mesmo peso porque minhas roupas são as mesmas, a única coisa que mudou foi o modo de como eu me vejo no espelho. Há épocas que vejo que engordei, e outras que emagreci, mas continuo me vendo linda. Claro que não sou perfeita, e ninguém é. Ás vezes quero ter pernas musculosas, mas não mudo meu pensamento por causa disso. Como besteiras no fim de semana sem compromisso, e se aparecer um cup cake no meio da semana, eu não vou dizer não. Na verdade vou dizer sim, vou dizer sim pra ele e sim pra minha liberdade de ser e ter o corpo do jeito que eu quiser. 

Eu visto 38, e tenho algumas celulites. Mas esse short jeans 40 me deixa segura e confortável. 

Post por- (1)

 

Anúncios

6 comentários sobre “Porque você quer emagrecer?

  1. Amei seu post e concordo com você em tudo, odeio isso e de pensar que nós mulheres devíamos todas nos unir e tentar respeitar a escolha umas das outras, mas tem sempre alguém pra nos por pra baixo e tentar nos dizer o que seria melhor ou não para nós.
    As vezes a gente se olha no espelho e acha linda e alguém vem e destrói a nossa auto estima com seus malditos padrões.
    Estamos juntas nessa.
    Beijos

    Curtir

  2. Oi linda! Posso dizer que este post que fizeste tocou-me realmente e que concordo a 100000% contigo, nós, mulheres cometemos loucuras para tentar alcançar o que é dito como corpo perfeito pelos media, quando devíamos pensar em nos manter saudáveis, não importa que o meu saudável seja a usar um 38 e o saudável da outra pessoa seja a usar 44, desde que seja o ideal para essa pessoa. Adorei o post. Muitos Parabéns pela forma como escreves-te.
    Um beijo ❤

    blogdadanielaamaral.wordpress.com (Tem post novo)

    Curtir

      • De nada linda! Nós mulheres devíamos mesmo abrir os olhos e esquecer dos media, porque todas nós somos bonitos do nosso jeito, se fossemos todas magras e iguais que piada tinha?! Eramos apenas vulgares. Cada um tem o seu feitio de corpo, umas mais gordas, outras mais magras, mas todas igualmente bonitas!
        Um beijo.

        Curtir

Esse blog AMA COMENTÁRIOS! :D

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s