Feminismo: Empodere Duas Mulheres

feminismo-famosos (1)

Tenho certeza que você aí já ouviu falar sobre feminismo, estou certa? Se não, confira este texto e continue a ler este post.

”Aos 23 anos, Maynara Fanucci percebeu que era hora de criar um movimento online para dar um basta nessas formas de machismo. Principalmente, porque essas falas, muitas vezes, acabam saindo da boca de garotas, que não deveriam gongar garotas. “Muitas coisas que dizemos na rua, escutamos primeiramente em casa. O conteúdo já vem todo mastigado. Feminismo é uma dessas palavras que podem dar medo, pelo injusto peso pejorativo que ela ainda carrega”, explica a idealizadora da campanha “Empodere Duas Mulheres”– Matéria da Capricho

Enquanto tem mulheres sendo massacradas pelo patriarcado, tem outras querendo explicar feminismo pra homem cis. Todas as vivências são necessárias, mas a luta é muito maior. Enquanto tentamos acabar com o patriarcado e atingir essas mulheres periféricas no movimento feminista, (muitas inclusive não fazem nem ideia do que isso significa), outras querem incluir homens nele. O opressor. Pra cada homem que você quer explicar feminismo, troque por duas mulheres. Empodere duas mulheres no lugar de explicar feminismo pra um homem. Os efeitos vão ser incríveis e muito mais eficazes.

O feminismo é muito mais do que podemos tocar. É muito mais amplo, e só vai ser verdadeiro quando não excluir nada, e puder chegar onde nós não estamos. Quando pudermos aprender com todas as vivências que não fazem parte de nós, e quando pudermos presenciar o pleno empoderamento, sororidade e empatia entre mulheres. Não fazemos parte de algo limitado, a luta é muito maior.

mlher

A CAPRICHO juntamente com a Maynara fizeram uma matéria com 7 motivos para você empoderar duas mulheres, confiram:

1 O empoderamento quebra barreiras
Quando você dá poder a uma amiga, você dá voz aos sentimentos dela. É como se você desse um voto de confiança e acreditasse nela para valer! Parece algo meio bobo, mas é desse jeitinho que você vai superando as barreiras pratriarcais que existem há séculos. “Empoderando você encoraja. Não existe corpo ideal ou garota ideal. Existe o que você quiser que exista”, esclarece Maynara.

2 Empoderar é bem melhor que competir
Você já deve ter escutado um menino ou até mesmo uma colega de sala dizer que garotas não têm amigas, pois são muito competitivas e até se vestem para impressionar as rivais. Quando você dá poder a uma menina, você acaba com toda essa rivalidade e, acredite, vive mil vezes mais leve sem toda essa cobrança. Maynara explica o motivo: “ouvimos o tempo todo que mulher não pode ser isso e não pode fazer aquilo, para não ficar mal falada, e que deve cuidar do corpo de tal forma para deixá-lo de acordo com os padrões de beleza. O machismo faz com que as garotas vivam em constante competição, quando, na verdade, deveriam ser pura e simplesmente aliadas”.

3 Apoiar outras garotas é o princípio básico do feminismo
“A troca de experiências conforta uma parte das mulheres que se sente incomodada com a opressão e faz com que a outra metade, que, eventualmente, ainda não consegue enxergar o quão machista é a nossa sociedade, sinta-se tocada”, conta Maynara. Afinal, os homens não precisam lutar a favor do movimento. 

4 Compartilhar experiências te faz abrir os olhos
“Eu já tive meus 13, 15, 17 anos. Você precisa ser uma boa filha, estar dentro dos padrões, mas não exagerar para não ficar com má fama. Precisa agradar um namorado e trocar de roupa quando ele disser que aquela está muito curta. Conhecer seu corpo e se descobrir, pois dizem que é importante, mas fazer isso sem se sentir culpada depois. Não é fácil, mas quando você descobre que acontece igual com a amiga, fica menos aterrorizante”, afirma May. A mesma coisa acontece quando você descobre que não foi a única assediada no metrô, que não foi a única que se sentiu invadida por uma cantada no meio da rua ou que foi agarrada por um menino sem noção na festa e ainda precisou sorrir para não parecer grossa. A troca de vivências, de conselhos, de amor, é a saída. 

5 As mulheres não têm obrigação de explicar o conceito de feminismo para os homens
“Para isso existe o Google, não é mesmo?”, brinca. Não é que os homens não precisam ficar a par dessa luta, muito pelo contrário, mas eles jamais serão os protagonistas dessa batalha. Por isso, é preferível, de acordo com a idealizadora da campanha, perder energia e ganhar tempo dando força às garotas a gastar saliva explicando a um rapaz o porquê do movimento ser tão importante. “Enquanto isso, muitas mulheres também continuam sem entender o motivo e elas devem ser as principais impactadas”, esclarece.

6 Opressor e oprimido nem sempre convivem em harmonia
Para não falar nunca! Isso é justificado por um simples fato: o privilegiado nunca quer abdicar de tudo aquilo que lhe favorece. Fica muito difícil incluir o opressor dentro de um movimento de oprimidos. É por isso que a campanha da Maynara é e sempre será de menina para menina. “Muitos caras se dizem feministas para agradar, mas, na prática, continuam fazendo tudo aquilo que os tornam machistas”.

7 Você é a primeira pessoa que precisa se libertar de estereótipos
Quando alguém te coloca láááá em cima, você não fica com uma sensação de “eu posso, eu consigo”? É esse sentimento que, muitas vezes, te dá coragem para ir além, se abrir, se aceitar, lutar por um sonho. Teoricamente, você tem liberdade de se vestir do jeito que bem entender, ficar com quem quiser e quando sentir vontade, se depilar com cera, com lâmina ou até mesmo não depilar. Contudo, na prática, as coisas não são tão simples. Muitas vezes, a garota não se sente segura para tomar tal decisão. Autoestima é o primeiro passo para a quebra de paradigmas. Como já dizia Demi Lovato: “minha armadura é feita de aço. Você não pode entrar nela. Sou uma guerreira e você nunca poderá me machucar!”

*O Objetivo desse post é informá-las sobre o feminismo já que há muitas teorias incorretas por aí, e repassar esse conteúdo interessante e progressivo para vocês meus leitores. A matéria foi retirada do site da Capricho e da própria página ”Empodere Duas Mulheres”.

post-por

 

Anúncios

3 comentários sobre “Feminismo: Empodere Duas Mulheres

  1. Ei! Gosto muito do blog, sou leitora, e sempre acompanho… mas hoje estou aqui para uma crítica construtiva. Não concordei com esta matéria. Sou estudante de psicologia e estudo o Feminismo, faço pesquisas à respeito e peço licença pra usar uma frase do próprio post para defender minha opinião “A luta é muito maior!”. Claro que é importante ter opinião e defender algo que se acredita, e eu tenho o meu modo de pensar, MAS, para além disso, não acho legal a forma de julgar SÓ UM tipo de feminismo como correto e eliminar os outros, como se não fizessem o menor sentido. Porque existem várias correntes feministas sérias (e com opiniões que se divergem, mas que são formadas baseadas em observações, estudos realizados e afins). Então acho importante e muito válido abrir espaço pra outras possibilidades de se pensar o feminismo…

    Curtir

    • Então Rhanna, antes de tudo obrigado pelo seu comentário flor. Bem, esse post foi feito com a intenção de divulgar o projeto e não para discutir sobre feminismo, então se o objetivo fosse abordar o feminismo o post conteria sobre todas as formas de feminismo. Concluo que você não leu o post ou não prestou atenção.

      Curtir

  2. Olá Gabriela!
    Espero que todas as blogueiras e mulheres leiam esse post. Simplesmente arrasou!
    Beyonce em suas músicas e performances expressa bem e lidera o feminismo! Outras cantoras antes dela de uma certa forma já fez também pelas mulheres: Madonna, Cher, Cindy Lauper…
    Só que o mais importante é sempre deixar esse tema atual e na boca do povo.

    Bom, é isso. Muita luz e boas energias!
    #SpreadTheLove

    Novo link do blog: http://www.andrehotter.com

    hUg!

    Curtir

Esse blog AMA COMENTÁRIOS! :D

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s