Quem são nossas Hannah’s? + bônus de como identificar depressão

13-Reasons-Why-GEEKNESS-01

Desde toda a repercussão de 13 Reasons Why (que pra quem tava dormindo, jajá explico) eu tinha que comentar com vocês minha visão diante da série, beleza?

Alerta, pra começar, se você aí tem quadro depressivo ou se sente mal em relação á algo na sua vida, não assista agora, deixe pra outro momento. Apesar de bem feita, é tão forte que pode ser um gatilho! Mas se você quer mesmo assim, não sou sua mãe né (risos).

13 Reasons Why, ou Os 13 Porquês, é uma série da Netflix que foi criada na base de um livro (sim) e fala basicamente sobre a vida escolar de ensino médio de Hannah Baker, e porque, ela cometeu um suicídio. A série tem como plano de fundo o Colégio Liberty e mais 13 personagens que aparecem ao decorrer da história,  que influenciam e muito na decisão de Hannah, presente fortemente em nossa atual sociedade, muitas vezes ignorada por nós mesmos.

Lembram quando euzinha escrevi ”Vamos fingir que está tudo bem” era JUSTAMENTE sobre isso, quantas vezes o ”estou sim, e você?” é verdadeiro? Quantas vezes ignoramos nosso amiguinho que está tendo crises de ansiedade ou até mesmo depressão? E aquela garota da escola que quando passa todo mundo chama de ”puta”? E aquele menino no fundo da sala que é gordinho? Quantas Hannah’s nós precisamos ter, pra que todos entendam que depressão é uma doença séria, que suicídio não é ”drama”. 

Aí pergunto a vocês, QUEM SÃO NOSSAS HANNAH’S? Será que se realmente você prestou atenção em quem está ao seu redor? Será que até eu que estou escrevendo isso, não tenho um probleminha? Custa perguntar se tá tudo bem? É claro que a maioria das respostas vai ser um ”sim” mas cabe a vocês que se dizem tão ”reis da psicologia” nas redes sociais, tomar vergonha na cara e ir a fundo no coleguinha. Parem de ser hipócritas. Acredite, ás vezes alguém passa a aula inteira perdido, pensando em chorar, em cometer suicídio, em cortar os pulsos, mas VOCÊ pode mudar isso! Um ”Bom dia” faz diferença, sim! Seja grato pelos os que estão ao seu redor, abrace seu colega! ACORDEM PRA VIDA, percebam as Hannah’s!

Sabe aquela garota que todo mundo escuta boato? Vai falar com ela, saiba a verdade dela, do lado da vítima. Sabe aquele menino que todos praticam bullying? Seja a voz na multidão, cale quem ofende! Sabe aquele amigo com atitudes machistas? Dê um basta, se amizade acabar, relaxe, só precisamos estar perto de quem vale a pena ❤

E nem adianta fazer textão, e se auto identificar como uma ”Hannah Baker”, trabalhe todos os dias procurando em não ser um ”porque” e as ”Hannah’s” irão acabar. Não julgue uma realidade que não é sua, não zombe de uma situação da qual você não faz parte! Você não sabe o que fulano, siclano, beltrano, passou! 

A Netflix não precisa criar uma série pra você entender que depressão existe sim, ansiedade existe sim, estupro não é culpa da vítima. Acordem pra realidade, antes que seja tarde.

E agora como prometi, um bônus de como identificar depressão, assim fica bem mais fácil de ajudar seu coleguinha 🙂

  • Humor depressivo ou irritabilidade, ansiedade e angústia
  • Desânimo, cansaço fácil, necessidade de maior esforço para fazer as coisas
  • Diminuição ou incapacidade de sentir alegria e prazer em atividades anteriormente consideradas agradáveis
  • Desinteresse, falta de motivação e apatia
  • Falta de vontade e indecisão
  • Sentimentos de medo, insegurança, desesperança, desespero, desamparo e vazio.
  • Pessimismo, ideias frequentes e desproporcionais de culpa, baixa auto estima, sensação de falta de sentido na vida, inutilidade, ruína, fracasso, doença ou morte.
  • A pessoa pode desejar morrer, planejar uma forma de morrer ou tentar suicídio
  • Interpretação distorcida e negativa da realidade: tudo é visto sob a ótica depressiva, um tom “cinzento” para si, os outros e o seu mundo
  • Frases como ”eu só queria morrer” ”sumir seria ótimo” 
  • Dificuldade de concentração, raciocínio mais lento e esquecimento
  • Perda ou aumento do apetite e do peso
  • Insônia (dificuldade de conciliar o sono, múltiplos despertares ou sensação de sono muito superficial), despertar matinal precoce (geralmente duas horas antes do horário habitual) ou, menos frequentemente, aumento do sono (dorme demais e mesmo assim fica com sono a maior parte do tempo)
  • Dores e outros sintomas físicos não justificados por problemas médicos, como dores de barriga, má digestão, azia, diarreia, constipação, flatulência, tensão na nuca e nos ombros, dor de cabeça ou no corpo, sensação de corpo pesado ou de pressão no peito, entre outros.

E como ajudar? Bem, se você for próximo da família pode indicar um terapia e alertar os pais sobre o ocorrido, já que a maioria dos jovens apenas conversam entre eles. Ou você pode conversar, tentar entender, chamar pra sair, dar atenção e fazer o outro realmente se sentir especial! 

É isso por hoje galera, xeros ❤

assinatura2

 

Anúncios

5 comentários sobre “Quem são nossas Hannah’s? + bônus de como identificar depressão

  1. Uma coisa que tenho percebido atualmente é a romantização da tristeza , principalmente pelos jovens. Aparentemente consideram a melancolia como algo artístico, ou “cool”. Infelizmente alguns desinformados acabam se baseando nisso para reforçar a ideia de que é ” tudo mimimi e coisa de quem não tem o que fazer ” e isso acaba tirando o foco de quem realmente precisa de ajuda.
    Post excelente ! Ainda não vi a série. Perdi um amigo por suicídio a alguns meses e sei que não vou ter emociona pra assistir .

    Beijão ❤

    https://palavrasdifusasblog.wordpress.com/

    Curtido por 1 pessoa

    • Super concordo Eva! A romantização acaba muitas vezes atrapalhando a ação de quem realmente quer ajuda pessoas que estão com dificuldades emocionais e psicológicas, pois temos a mania de encarar depressão apenas como ”bad”.

      Curtido por 1 pessoa

Esse blog AMA COMENTÁRIOS! :D

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s